Você, por acaso, lembra quando assistiu ao seu primeiro show de rock? Aposto que não foi aos três anos. E aposto também que não ganhou um certificado por isso. Pois agora existe um espetáculo assim, feito para ser o primeiro da vida de alguém. O nome dele é "Beatles para Crianças". Mas, apesar do nome, os adultos adoram também.
Leia aqui o nosso papo com o criador deste show, Fábio Freire.


"Quando a gente começou a tocar, foi uma loucura! Uma doideira! E é até hoje!"
(Fábio Freire)

Como surgiu a ideia do "Beatles para Crianças"?
Sou músico e professor de música. Uma vez, numa escola, me pediram pra preparar algumas músicas num dia de evento para uma ocasião especial, no intervalo entre as aulas. Eu sugeri Beatles porque era um som que eu gostava, achei legal.
Quando a gente começou a tocar foi uma loucura, uma doideira! E é até hoje!

Quando foi isso?
Há uns cinco anos. E depois repetimos numa outra escola, para crianças maiores. E foi a mesma loucura x 3!
Tinha até criança com cartaz "Eu amo Beatles".

E então?
Então, neste dia eu filmei. Depois de um tempo, apareceu uma promoção na tevê. Precisava mandar um vídeo para concorrer a ingressos para o show do Paul McCartney (do Beatles). Fui no computador e dei "enter". Para minha surpresa, fui escolhido.

E como foi?
Foi demais! Conheci o Paul McCartney e até cantamos juntos no camarim. Ele perguntou o que eu tinha tocado dos Beatles no show e respondi: "Yellow Submarine". Daí começamos a cantar esta música, todo mundo junto. Foi muito legal! E justamente esta parte, da gente cantando, foi para o programa, o "Fantástico".


Clique para assistir ao vídeo!

Aí seu show virou um sucesso?
Bom, continuei seguindo a vida, mandando projetos para o Sesc e outros lugares. Depois o Sesc Ipiranga quis apresentar e aí veio também o convite do teatro UMC. Isso tudo aconteceu no ano passado (2014).Fomos mudando, melhorando... Agora tem projeções, balões caindo do teto, outras músicas no repertório... E convidei o ator Gabriel Manetti para entrar no elenco. Hoje estamos com vários espetáculos marcados em lugares diferentes. Em outubro, por exemplo, no dia 25, vamos tocar no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

Conte mais sobre o show pra gente.
Bom, além das músicas dos Beatles, tem histórias e uma hora até convidamos as crianças para subir ao palco com a gente. Ficam alguns instrumentos ali para elas como chocalhos, xilofones... é uma festa. E depois de tudo isso, a criança recebe um certificado: meu primeiro show de rock.
A criança sai do show e pede para o pai tocar as músicas no carro. Ela aprende a gostar de rock.
Isso eu já estou vendo na minha casa mesmo. O Guilherme, meu filho, tá virando um "beatlemaníaco". Ele tem quatro anos.

E os pais? Eles gostam?
Eles adoram. A gente vê lá do palco o vovô e a vovó dançando juntinho a música "Hey Jude". É muito legal. Nosso show é para a família inteira aproveitar. Tem um momento em que dizemos às crianças para convidarem seus pais pra dançar.

Qual é a importância da música para a criança?
Aprender música faz muito bem para elas. Ajuda na personalidade, disciplina, uma porção de coisas. E acho que a música para criança precisa ter qualidade. Acontece muito de se produzir música infantil, menosprezando a capacidade delas. Não precisa disso. A criança tá com o HD vazio. O que a gente oferece ocupa o espaço.


Mande para um amigo!

Voltar à Home Page Home
Page
Brincadeiras Baú de
brincadeiras
Será Ilusão? Será
Ilusão?
Mate a Charada! Mate a
Charada
Jogos Virtuais Jogos
Virtuais