Cuco maluco
Evelyn Heine
Eu conheço um cuco que é meio doidão.
Quando bate uma hora, ele faz “miau”.
Quando são duas, ele faz “muu, muu”.
Às três, “au, au, au”.
Quatro horas, “óinc, óinc, óinc, óinc”.
Quando são cinco, “glu, glu, glu, glu, glu”, feito um peru.
Às seis, lá vai o cuco outra vez: “mé, mé, mé, mé, mé, me”.
E às sete? “Piu, piu, piu, piu, piu, piu, piu”... na careca do titio.
Dali a pouco, oito horas e o cuco ruge como um leão. Mas que cuco malucão!
Às nove horas são nove badaladas... imitando a macacada.
Dez horas, hora do rato: “ic, ic, ic, ic, ic, ic, ic, ic, ic, ic”.
Ê barulhinho chato!
Às onze, o cuco faz som de grilo: “cri, cri, cri, cri, cri, cri, cri, cri, cri, cri, cri... já é hora de dormir!
Meia-noite, mas que tarde! Ele até pega no sono... e também o seu dono: “z, z, z, z, z, z, z, z, z, z, z, z...” Bem baixinho, pra ninguém acordar.
Amanhã tem mais um dia, 12 horas a passar. E o cuco engraçadinho vai ter muito que imitar.
Porque as horas são as mesmas e ele gosta é de inventar.

Leia outras histórias e poemas divertudos.
CLIQUE AQUI

Gostou? Então passe pra frente. Mande para os amigos. CLIQUE.



volta à home page HOME
PAGE
Jogos Virtuais JOGOS
VIRTUAIS
página 1 do primeiro Divertudo JOGOS PARA IMPRIMIR Mate a Charada! MATE A
CHARADA
Adivinhas GALERIA DE
ADIVINHAS